Serra da Estrela

© Município de Seia - José Conde

Serra
da Estrela

ENQUADRAMENTO GEOGRÁFICO DA SERRA DA ESTRELA

SERRA DA ESTRELA é o nome dado à cadeia montanhosa onde se encontram as maiores altitudes de Portugal Continental. A Serra da Estrela atinge a sua cota de máxima altitude - 1993 m - na Torre. Este ponto é limite de quatro freguesias: Unhais da Serra (Covilhã), São Pedro (Manteigas), Loriga (Seia) e Alvoco da Serra (Seia), sendo este território partilhado por três municípios aos quais estas freguesias pertencem: Covilhã, Manteigas e Seia.

A cadeia montanhosa da Serra da Estrela faz parte de uma vasta cordilheira denominada Sistema Central, no subsistema designado como sistema montanhoso Montejunto-Estrela, que se desenvolve no sentido sudoeste-nordeste desde a serra de Montejunto, e o seu cume-pai é o Pico Almanzor.

© Município de Manteigas - Miguel Serra

PARQUE NATURAL DA SERRA DA ESTRELA

A Serra da Estrela é uma zona de paisagem protegida através do Parque Natural da Serra da Estrela, constituído em 16 de Julho de 1976, sendo a maior área protegida em solo português. Além da neve, da fauna e flora extraordinárias, a Serra da Estrela atrai pela orografia de proporções colossais, marcado por maciços rochosos de granito, xisto (xistograuvaquicos) e vestígios de antigos glaciares a elevada altitude, bem como pela riqueza humana, cultural, histórica e gastronómica da região.

O Parque Natural da Serra da Estrela distribuísse por seis concelhos do centro interior de Portugal: Celorico da Beira, Covilhã, Gouveia, Guarda, Manteigas e Seia. A importância desta área faz com que seja Reserva Biogenética. Em 2000, foi designada uma área de 88 295 hectares como sítio de interesse biológico passando a integrar a Rede Natura 2000. Com valores naturais relevantes, incluindo algumas espécies de flora únicas no país. Na fauna destaca-se a presença do lobo (Canis lupus), do javali, da lontra, da raposa (Vulpes vulpes), da lagartixa-de-montanha (Lacerta monticola monticola), da geneta (Genetta genetta) e do coelho-bravo-europeu (Oryctolagus cuniculus), entre outros.

TURISMO NA SERRA DA ESTRELA

O aproveitamento dos recursos naturais da Serra da Estrela está no centro do desenvolvimento da atividade turística. A notoriedade da Serra da Estrela, enquanto marca, é corroborada por um estudo recente do Turismo de Portugal e a sua relevância para o atividade turística nacional motivou a constituição da região de turismo da Serra da Estrela e do pólo de turismo da Serra da Estrela agora integrados no Turismo Centro de Portugal.

A Serra da Estrela é percecionada pelo turista como um destino turístico de inverno, com um posicionamento bastante vincado pela neve e pelo frio. A queda de neve é uma das caraterísticas distintivas da Serra da Estrela a par da presença da única estância de ski em Portugal. Apesar deste posicionamento vincado como destino turístico de inverno a Serra da Estrela é uma área de forte impacto para o turismo de natureza, para o touring cultural e paisagístico e para o turismo cultural.

Entre diversas atividades os percursos pedestres, os circuitos interpretativos e educativos, os eventos, as tradições e a cultura são bons motivos para visitar a Serra da Estrela e explorar alguns dos seus vastos recursos onde se inclui a paisagem e um conjunto variado de atrações: Torre da Serra da Estrela | Estância de Esqui Vodafone | Monumento a Nossa Senhora da Boa Estrela | Pista de Ski de Manteigas | Covão d'Ametade | Cântaro Magro | Cabeça do Velho | Cabeça da Velha | Pedra do Urso | Rosa Negra | Antigo Sanatório | Penhas da Saúde | Penhas Douradas | Caldeirão | Vale Glaciar de Manteigas | Poço do Inferno | Praia Fluvial de Valhelhas | Nascente do Mondego ou Mondeguinho | Socalcos de Loriga | Lagoa Comprida (Serra da Estrela) |Vale do Rossim | Lagoa Redonda (Serra da Estrela) | Lagoa Escura | Lagoa do Urso.

Abarcando um património natural e humanizado de extraordinária riqueza, a Serra da Estrela é um destino a descobrir. Embora as atrações turísticas se concentrem essencialmente nos municípios de Seia, Covilhã, Manteigas e Gouveia, a realidade é que a oferta turística é abrangente aos seis municípios do Parque Natural da Serra da Estrela e a área de influência da da marca Serra da Estrela alarga-se até ao Douro e à fronteira com Espanha.